21 de novembro de 2011

GLACIAR MARTIAL E PASO GARIBALDI

Hoje o dia já começou diferente. Decidimos alquilar (alugar) um carro para conhecermos os lagos escondidos e fagnano.

Quando achávamos que a Patagônia já havia nos mostrado toda a sua beleza, e que não nos surpreenderia mais, ela vem e nos arrebata!

Depois de percorremos lindas estradas com montanhas nevadas ao fundo (ruta 40), de caminharmos sobre uma geleira (Perito Moreno), de conhecermos um lago de cor inacreditável (huemul), de caminharmos com pinguins (ilha Martillo) e de ficarmos frente a frente com um zorro colorado (parque nacional da terra do fogo), pegamos um dia de neve! Sim, hoje nevou por aqui! Foi uma nevezinha discreta, nenhuma nevasca, mas foi o suficiente para ficarmos felizes da vida, já que nunca havíamos visto neve.
As surpresas do dia começaram durante o desayuno (café da manhã). Começou a cair uma chuvinha fina e com ela alguns floquinhos de neve. Na hora achei que estivesse ventando lá fora e que aquilo fosse poeira, pois os flocos eram bem pequeninos, mas ao reparar bem notei que não era poeira, e sim neve! Caiu um pouco e depois parou. Descemos até a San Martin (avenida principal) e fomos até a Localiza (que fica numa rua transversal a San Martin) pegar o carro que havíamos reservado. No caminho mais neve, mas ainda discreta.Como carro em mãos (corsa wagon), aproveitamos que o dia estava propício a nevar e fomos conhecer o Glaciar Martial. Assim que chegamos no estacionamento a neve voltou a cair.
Subimos de aerosillas (teleférico) por AR$ 50,00 por pessoa (ida e volta), mas quem preferir pode subir pela trilha sem pagar nada.
Quando chegamos lá em cima a neve já havia parado, mas voltou a cair depois de alguns minutos. Ela ficou assim durante todo o dia, caía e parava, caía e parava. Teve um momento em que ela caiu bastante, pra nossa alegria!
Se reparar bem dá pra ver os floquinhos caindo na foto abaixo. :)
Sempre achei que neve fosse igual a bolinhas de isopor e foi uma surpresa ver aquele floquinho igualzinho vemos nos símbolos. rs..
Lá em cima estava um frio daqueles!! Nosso termômetro marcava - 5ºC.
Não fomos até muito alto, pois o frio estava de rachar. Minhas mãos estavam mega geladas e o Cris também devia estar sentindo muito frio nas pernas (apesar de dizer que não), pois estava apenas com uma calça de pano.
Ta aí, pra nós esse foi o ponto alto da viagem!

Depois de nos deliciarmos com a neve, seguimos em direção ao lago Escondido, mas não conseguimos chegar até ele pois a estrada, que é de terra, estava cheia de lama, e o carro começou a derrapar. Decidimos voltar pois estávamos com medo de ficarmos atolados na lama.

Na volta paramos no Paso Garibaldi, um mirante que fica na beira da estrada de onde é possível ver o lago escondido e uma parte do lago fagnano.
Ao fundo o lago escondido e um pedacinho pequeno do lago fagnano (bem lá atrás).
A estrada estava belíssima, cheia de neve!
Quando voltamos para a cidade decidimos ir até a Bahia Encerrada para tiramos uma foto da cidade ao anoitecer.
O problema maior foi ficarmos lá esperando a noite cair, já que aqui nessa época do ano anoitece depois das 22h. Batemos a foto às 22:30 e ainda não estava totalmente escuro. :)

2 comentários:

Expedição Andando por aí... disse...

Cris do céu!
Estou impressionada...
Eu não sabia que os flocos de neve eram daquele jeito...
Menina! Que linda as fotos dos flocos...
Sempre pensei também que fossem como bolinhas de isopor...
Viu? "Dias viajando por aí" também é cultura! kkkk...
Lindas fotos e relato!
Bjs
Carla

Cristiane Dias disse...

kkkkkkkkk... muito legal, né!! Fiquei impressionada. Eu parecia criança correndo e pulando de um lado para o outro! rs.. Depois vou dar uma editada no vídeo e postar. :)
Bjos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...